Áudio 36 – Sara Tavares fala de Lisboa e dos seus africanismos

A minha convidada de hoje tinha apenas 16 anos quando ganhou uma competição num programa de televisão. Filha de pais cabo-verdianos nasceu em Portugal e cresceu entre duas culturas. Começou a sua carreira como cantora e compositora de música Gospel, Funk e Soul e gradualmente foi integrando cada vez mais elementos da música africana. Sara Tavares fala, entre outros temas, de Lisboa e dos seus africanismos.

(foto: Miguel Cardoso)

Sonia

Áudio 35 – Sónia Vaz Borges apela à produção literária dos afrodescendentes

Sónia Vaz Borges é a autora do livro “Na Pó Di Spera” com lançamento marcado para esta quinta-feira [11.12.14] na  Fundação Calouste Gulbenkian. A académica e autora de obras publicadas defende que a produção literária por parte dos afrodescendentes é essencial para garantir as referências à sua presença histórica em Portugal.

Ouçam o programa para saberem o significado de “Na Pó Di Spera” que conta a história do bairro de Santa Filomena através da experiência de uma descendente de cabo-verdianos, que se distancia da sua posição de técnica e se deixa adotar pelo bairro.

Sónia Vaz Borges é licenciada pelo ISCTE-IUL  em História Moderna e Contemporânea, variante política e relações internacionais. O seu mestrado foi em história de África pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Atualmente faz um doutoramento em Berlim, na Universidade de Humboldt em História da Educação, centrando-se no tema: luta de libertação enquanto prática educativa no PAIGC entre 1956-1974.

 

Áudio 33 – Edna Tavares: IN Mouraria É Mais Do Que Combater O VIH

Edna Tavares é psicóloga e mediadora do Projecto IN-Mouraria Migrantes e fala-nos de como é trabalhar com a comunidade para a comunidade. e  foi desenvolvido no âmbito do “Programa de Desenvolvimento Comunitário da Mouraria” e disponibiliza o teste rápido ao VIH, hepatite B, hepatite C e sífilis de forma anónima, confidencial e gratuita. Esta é uma semana especial para Edna e para os colegas, porque de 21 a 28 de Novembro se assinala a Semana Europeia do Teste VIH. No entanto, todos os dias a equipa do In-Mouraria, para além dos vários testes que fazem a quem os procura, presta também cuidados básicos de saúde no seu gabinete de saúde comunitária, localizado na Calçada de Santo André, nº 79 em Lisboa.

IN Mouraria

Equipa IN-Mouraria no Festival Imigrarte

Áudio 32 – Apoio ao Exercício da Cidadania do Imigrante

Vladimir Vaz é jurista e dá apoio gratuito para a resolução de  assuntos jurídicos da população imigrante no Gabinete da Cidadania. Desde problemas relacionados com mudanças na lei do arrendamento ou com a legalização de imigrantes chegam à pequena equipa do Gabinete situado no Beco do Rosendo, na Mouraria, aqui em Lisboa. Os trabalhos começaram em Dezembro de 2013 e hoje Vladimir Vaz  fala, entre outros assuntos, de como os problemas dos imigrantes afetam o exercício da sua cidadania.

Mais informações sobre o Gabinete: www.renovarmouraria.pt

Programa Especial: Guenny Pires Apresenta Docudrama “Contract”

Esta é uma oportunidade de conhecer melhor o realizador cabo-verdiano, Guenny Pires, radicado nos Estados Unidos que, numa curta passagem por Lisboa, projetou o seu filme Contract numa das sessões de cinema AfrikPlay no Largo. Contract é um docudrama sobre a situação dos trabalhadores contratados cabo-verdianos em São Tomé e Príncipe a partir de uma perspectiva bastante pessoal.

 

Áudio 31 – Mamadou Ba Descreve Relação Entre Cultura e Racismo (Parte II)

Mamadou Ba, nasceu no Senegal e vive há 17 anos em Portugal. É ativista do SOS Racismo e fala-nos sobre Cultura e Racismo – tema da Agenda de 2015 da organização anti-racista, lançada no início de Novembro aqui em Lisboa. Nesta segunda parte da entrevista com Mamadou Ba, o ativista continua a problematizar a herança de grandes pensadores para a luta anti-racista e/ou para a construção do pensamento racista.