Áudio 45 – “Os jovens negros das comunidades devem ter o direito a sonhar”, Sérgio Dundão

“Estudar o conflito também é uma forma de me entender a mim próprio, como angolano.”, diz Sérgio Manuel Dundão. Sérgio nasceu em Angola em 1987, veio para Portugal em 2000 e acabou por licenciar-se em Ciências Políticas e Relações Internacionais. Sempre quis voltar para o seu país de origem e, terminado o seu mestrado, foi precisamente isso que fez. No seu trabalho final de mestrado procurou descortinar uma questão que, para si era essencial: “Como é que o conflito pode ajudar no processo de unidade linguística?” No programa de hoje falamos do conflito como motor de mudança positiva e/ou negativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s