Áudio 88 – Combater Duas Vezes – Mulheres Na Luta Armada Em Angola

Margarida Paredes é autora do livro Combater duas vezes – Mulheres na luta armada em Angola , lançado esta semana, em Lisboa, na livraria Buchholz. Neste livro temos acesso a entrevistas a mulheres que fizeram parte da luta armada em Angola dos movimentos envolvidos. A investigadora e professora na Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil, é natural do Penedo da Saudade, em Coimbra. No entanto, em 1974, abandonou o curso universitário na Bélgica para lutar pela independência de Angola ao lado do MPLA, movimento a que aderiu em 1973. Passou por Brazzaville e foi uma das primeiras militantes vindas do Congo a entrar em Luanda após o 25 de Abril de 1974. Depois da independência abandonou o exército angolano para trabalhar no Conselho Nacional de Cultura com o poeta António Jacinto. Aí desenvolveu projetos na área dos espetáculos e artes plásticas, trabalhando com «crianças-soldado» e órfãos de guerra. Regressou a Portugal em 1981.Licenciada em Estudos Africanos pela Faculdade de Letras de Lisboa, obteve o grau de Doutora em Antropologia pelo ISCTE-IUL com o tema “Mulheres na Luta Armada em Angola”. No pós-doutoramento, trabalhou o tema “Mulheres Afrodescendentes da Polícia Militar em Salvador”. É investigadora e professora na Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil. Desenvolve uma linha de pesquisa sobre Masculinidades Femininas no Campo Militar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s