Ciclo Mundos no Teatro da Trindade – A periferia trás música ao centro (FMM & Inatel)

O Teatro da Trindade recebeu, na quinta-feira, dia 18 de agosto, Ballaké Sissoko & Vicent Ségal (Mali/França)  no âmbito do Festival Ciclo Mundos (FMM / INATEL). A Afrolis esteve no concerto e conversou com os músicos.

Ballaké Sissoko & Vincent Ségal -CICLO MUNDOS

Carlos Seixas, organizador do Festival Músicas do Mundo de Sines (FMM), afirma que o Ciclo Mundos reflete um movimento diferente: “A periferia trás a música ao centro”.

Hoje, 25 de agosto, o Ciclo do Mundo trás o concerto dos SONGHOY BLUES do Mali, uma banda jovem músicos com raízes no norte do país. “Inspiram-se na cultura da etnia Songhoy, que vive nas margens do rio Níger, entre as cidades de Timbuktu e Gao, e nasceram em reação ao conflito que se desenrolou na região em 2012 e 2013. Nessa altura, tocavam sobretudo para exilados do norte a viver em Bamako, até serem descobertos pelo produtor Marc-Antoine Moreau, quando procurava músicos para o projeto Africa Express de Damon Albarn. A sua música funde tambaka de Gao, guitarra tuaregue, trance Songhoy e melodias do deserto. “Music in Exile”, o seu disco de estreia, foi lançado em fevereiro 2015.”

Mais infos AQUI

Anúncios

Um comentário sobre “Ciclo Mundos no Teatro da Trindade – A periferia trás música ao centro (FMM & Inatel)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s