Áudio 154 – Sobre Direitos humanos com Nito Alves, Ativista Angolano Do Grupo 15+2

“Eu defendo os princípios do panafricanismo Sékou Touré, William du Bois, Kawme Nkrumah, entre outros grandes pensadores que pensaram África. Nós próprios, africanos, devemos desenvolver a nossa África.” Nito Alves, um dos ativistas do grupo 15+2 que, em 2015, foi preso em Angola a 20 de junho, por discutir o livro  “Da Ditadura à Democracia”(“From Dictatorship to Democracy”) de Gene Sharp.

Para mais informações: especial que reúne todos os artigos da DW África sobre os dezassete ativistas publicados desde o início do julgamento a 16 de novembro de 2015 AQUI.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s