Áudio 156 – Museus e Memória africana e negra em Lisboa

“O que sempre me causa incómodo quando se fala dessas memórias [negra/africana] e que a representação negra está sempre ligada à escravidão.”

Quem tem direito à memória e quem  tem direito à memória nos museus em Lisboa? Uma análise sobre a representação da memória negra em museus por Luzia Gomes, museógloga e antropóloga, professora na Universidade do Pará, no Brasil, e douturanda na Universidade Lusófona, aqui em Lisboa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s