Áudio 163 – Violência Policial contra jovens da Cova da Moura reconhecida pelo Ministério Público

Mamadou Ba, dirigente da SOS Racismo, comenta acusação do Ministério Público noticiada pelo Diário de Notícias no início desta semana (10 julho, 2017):

“Dezoito agentes da PSP, entre os quais um chefe, estão acusados dos crimes de tortura, sequestro, injúria e ofensa à integridade física qualificada, agravados pelo ódio e discriminação racial contra seis jovens da Cova da Moura, na Amadora.

É uma acusação sem precedentes no nosso país e surge após dois anos de investigação da Unidade Nacional de Contraterrorismo (UNCT) da Polícia Judiciária (PJ) ao caso de violência policial contra seis jovens, ocorrido a 5 de fevereiro de 2015, que teve como palco a esquadra da PSP de Alfragide, que serve o bairro da Cova da Moura (…)” Continuar a ler…

Notar que referência temporal “ontem” na entrevista corresponde ao dia 11 de julho de 2017.

Entrevista com Flávio Almada (LBC), um dos jovens agredidos na esquadra de Alfragide em 2015:

Áudio 44 – Violência Policial na Cova da Moura

Outros links:

Caso Cova da Moura: falsificação de autos pela polícia não é inédita

Advogada das vítimas considera acusação dos 18 agentes da PSP uma “decisão histórica”

 

Anúncios

Um comentário sobre “Áudio 163 – Violência Policial contra jovens da Cova da Moura reconhecida pelo Ministério Público

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s