Áudio 186 – 40 Anos de Cadernos Negros

 

Desde 1978 a produção literária afro-brasileira teve um grande impulso com a criação da série Cadernos Negros, organizada pelo coletivo Quilombhoje.   Ao longo de 40 anos foram publicados volumes os Cadernos Negros alterando-se entre contos e poemas, tornando-se uma forma de veicular a cultura, o pensamento e o modo de vida dos afro-brasileiros. Quarenta volumes passados, reconhece-se o contributo dos Cadernos Negros para a visibilidade de autores afrodescendentes e fortalecimento não só a literatura negra, mas também da produção literária das periferias. Esmeralda Ribeiro é uma das fundadoras se conta-nos mais

Anúncios

Áudio 185 – INMUNE – Instituto da Mulher Negra em Portugal

O “INSTITUTO DA MULHER NEGRA EM PORTUGAL – INMUNE”, fundado por 27 mulheres negra, apresenta-se como sendo “uma entidade feminista interseccional e anti-racista, constituída por mulheres, de direito privado, sem fins lucrativos, solidário, apartidário, mas não apolítico, que combate o silenciamento das mulheres negras, africanas e afrodescendentes na História e no tempo presente e promove o empoderamento, a participação social e política de mulheres, a igualdade de direitos, a paridade e a justiça social, fomentando através das suas atividades e reflexões, um ambiente propício à afirmação e valorização da herança e da cultura negra e africana em Portugal.”

<iframe width=”100%” height=”300″ scrolling=”no” frameborder=”no” allow=”autoplay” src=”https://w.soundcloud.com/player/?url=https%3A//api.soundcloud.com/tracks/523111005&color=%23ff5500&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&show_teaser=true&visual=true”&gt;

A apresentação oficial da organização foi no dia 20 de outubro, de 2018, na Cordoaria Nacional. Aqui quem nos apresenta o INMUNE são 3 das 27 fundadoras, Neusa Trovoada, Angela Graça e Denise Viana.

Próxima atividade INMUNE: Feira de Inverno – Campanha de recolha de roupa a decorrer