Sons de Apoio à Libertação dos Presos Políticos Angolanos em Lisboa

Ouçam as vozes de apoio aos 15 ativistas presos, em Luanda, por estarem reunidos a debater um livro sobre a luta pacífica para uma governação melhor em Angola (prisões a 20, 21 e 24 de junho).

O activista Luaty Beirão vai manter a greve de fome, iniciada há 22 dias em Angola, apesar de o seu estado de saúde se ter  e o músico foi ter agravado, ao ponto de ser  hospitalizado.

A AfroLis acompanhou o exercício de liberdade de expressão de apoiantes aos presos políticos angolanos.

LISBOA 14 Outubro
17.30h CONCENTRAÇÃO
a frente do Gabinete do Parlamento EUROPEU
Largo Jean Monnet, 1 a 6 LISBOA
18.30h VIGILIA
na Praca do ROSSIO
Praca D. Pedro IV LISBOA

Saibam mais:

Artigo do Público: Sem comer há 22 dias, Luaty Beirão mantém greve pela libertação de todos os activistas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Redimensionar Fonte
Contraste