Áudio 59 – Nástio Mosquito No Rotas & Rituais

“Nástio Mosquito nasceu no Huambo, Angola, em 1981. Foi jornalista, é artista plástico e músico. Naquele que considera ser o seu primeiro álbum, Se eu fosse Angolano, apresenta ao público a sua visão do mundo e de uma Angola plural onde o campo e a cidade se redefinem, onde a sociedade contemporânea toma conta da realidade urbana, ao mesmo tempo que nos reinventamos como nação, como sociedade.” Esta é uma parte da apresentação que se pode ler no programa do Rotas e Rituais, festival que a AfroLis tem vindo a acompanhar desde o dia 22 de maio, dia da inauguração. Esta quarta-feira, 27 de maio, tivemos a oportunidade de falar com o músico Nástio Mosquito que veio apresentar o seu trabalho num concerto/performance.